terça-feira, 16 de abril de 2019

Tal lá tal cá!

Em Portugal é a greve dos motoristas de matérias perigosas, em Espanha é a greve dos seguranças do aeroporto de Madrid, do pessoal de terra de todos os aeroportos espanhóis, dos comboios (RENFE) e do pessoal dos Portos e salvamentos marítimos. 

sábado, 13 de abril de 2019

Tenho saudades de Portugal.

Das pessoas.
Da comida.
Do tempo.
Da Língua Portuguesa.
Dos supermercados.
Dos restaurantes.
Das marcas.
Das coisas.
Da praia.
De ouvir rádio portuguesa enquanto conduzo.
Do mar.
Dos pasteis.
Da amabilidade.
Dos horários.
Da televisão portuguesa.
De....tanta coisa, que fico-me por aqui. 

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Ir almoçar com os meus colegas de trabalho....

....e ver que já sei as histórias todas deles de quando estiveram em Portugal, porque sempre que vão almoçar comigo as contam. Saber exatamente o que o A. , o B. e o C. vão contar, porque eles contam sempre o mesmo. Sempre. Chega a uma altura em que me apetece dizer "não precisam de contar novamente eu já sei, ok?", e o trabalho que isso daria a dizer em espanhol? Não, já não estou para isso. Mantenho-me calada com um sorriso nos lábios e ouço. 
Para a semana, no mesmo almoço à mesma hora, voltarei a ouvi-las....as histórias deles em Portugal.

sábado, 6 de abril de 2019

Uma curiosidade.

Todas as pessoas estrangeiras que residam em Espanha durante 10 anos seguidos de forma legal, podem ao fim desse tempo pedir nacionalidade espanhola.
Este período de tempo reduz-se para dois anos para cidadãos de determinados países:

Dos años: para los nacionales de países iberoamericanos, Andorra, Filipinas, Guinea Ecuatorial,
                  Portugal o personas de origen sefardí. (in Ministerio de la Justicia)

Tudo o resto, incluindo países da união europeia têm 10 anos.
Interessante, não?!

sexta-feira, 5 de abril de 2019

A Espanha vai novamente a eleições!

A Espanha vai ter elecciones generales a 28 de abril (domingo), o mesmo é dizer que nesse dia os 47 milhões de espanhóis vão ter a oportunidade de ir exercer o seu direito de voto e escolher o governo que os representará nos próximos 4 anos.
Como tem vindo a ser hábito e segundo as sondagens não haverá uma maioria absoluta, o que não augura nada de bom para este país, que costuma ter sempre alguma dificuldade em tratar este tipo de situações.
Resta-nos aguardar e ver o que nos espera. 
Deixo aqui os três principais candidatos.

Pablo Casado - Partido PP

                                        (in elPlural.com)


Pedro Sanchez - Partido PSOE (atual primeiro-ministro)

                           (in diarioSur.es)


Albert Rivera - Partido Ciudadanos

                              (in publico.es)

PS- Se a eleição fosse para escolher o mais jeitoso(!), o meu voto iria, sem sombra de dúvidas, para o terceiro!

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Sigue cagandose?

O D. tem uma filha bebé que passa a vida doente e ele coitado, por via da filha também fica doente. Desta vez foi uma gastroenteritis que o obrigou a ficar em casa 3 dias.
No segundo dia, quando um dos meus colegas de trabalho chegou, olhou para o sitio do D. viu que estava vazio e em vez de perguntar "O D. continua mal?, O D. continua doente? O D. ainda não está melhor?", em vez de usar as mil e uma formas normais de perguntar, utilizou a forma espanhola:

"O D. sigue cagandonse?", referindo-se ao facto de ainda estar mal e estar de diarreia.

As pessoas à sua voltar responderam com a maior das naturalidades à pergunta, porque para eles é normal falar assim. Eu ouvi e calei.

É esta a forma simpática de falar dos espanhóis. 

sexta-feira, 29 de março de 2019

Para quê guardanapos?

Hoje era o último dia do J. na minha empresa e por isso levou uns pasteis em miniatura. Eu disse que passava, quando pudesse no seu lugar e disse o mesmo ao meu colega do lado. 
O meu colega do lado foi à mesa do J. e fez o favor (eu dispensava este favor, sinceramente) de me trazer uma dessas miniaturas por sua livre e espontânea vontade......assim na mão, sem guardanapo a separar a mão da miniatura nem nada e deu-me:
"Olha Rita toma, trouxe-te uma miniatura..."
Eu aceitei, claro, mas fiquei a pensar naquilo, sei lá eu onde é que ele andou com as mãos....porque o não uso do guardanapo aqui é normal.

Fui ensinada, e em Portugal é muito comum, a pegar num pastel (por exemplo) com um guardanapo, mas aqui em Espanha eles não...eles não têm esse hábito, comem as coisas directamente com a mão e isso mete-me impressão e não gosto. 
Quer seja pasteis, quer seja torradas, quer sejas bolos, para quê guardanapos? Só empatam, né?

sábado, 23 de março de 2019

Um agradecimento público.

Quero aqui deixar um agradecimento público à televisão espanhola por transmitir em canal aberto os jogos da selecção portuguesa.
Mas que maravilha!
Poder ver o jogo sentadinha no sofá como "Deus manda" não tem preço!
Muito obrigada e que assim continue por muito mais tempo! Isto sim é serviço público de qualidade!!

Nota: O mais engraçado é que eles começaram a transmitir os jogos de Portugal depois do Mundial e é só de Portugal, deve ser por ser "la atual campeona de la Eurocopa"!

terça-feira, 19 de março de 2019

A longevidade dos espanhóis.

Segundo um estudo realizado e descrito nesta notícia os espanhóis serão em 2040 os que terão a maior esperança média de vida do mundo. Outra vez, do mundo!
Estamos a falar de um povo que a meu ver tem hábitos alimentares algo duvidosos, devido ao alto consumo de fritos e de presuntos, chouriços e todas essas coisas. Estamos também a falar de um povo que fuma muito (notei isso logo no início quando cheguei aqui em 2007).

Mas depois há o reverso da medalha, e é esse reverso que me enche de inveja. Eles andam e andam e andam. Aos fins de semana ninguém fica em casa sentadinho a ver televisão. Ninguém! Basta ver pela quantidade de gente nas ruas. A siesta....30 minutos que valem ouro, todos os dias. Estes são os dois hábitos, entre outros descritos nestes artigo que eu invejo e que sei que dificilmente nós portugueses vamos adoptar.

Vale a pena ler a notícia.

domingo, 17 de março de 2019

domingo, 10 de março de 2019

Sobrasada.

Uma vez vi um colega meu a comer pão com isto e perguntei-lhe o que era e ele disse "Sobrasada"! Deve ter pensado que eu sabia o que era, mas eu não sabia e foi então que vi no supermercado à venda.
Ora portanto, Sobrasada, segundo a wikipedia é um embutido elaborado através de carnes seleccionadas do porco. 
Portanto em vez de comer em forma de chouriço, barra-se no pão! 
Isto de colestrol deve ter pouco!! Tem ares disso!! 
Eu comprei porque queria provar. E assim foi, provei. Só comi uma vez, bastou-me. É como se estivéssemos a comer o interior de uma morcela à colherada......não é para mim, que eu nem sou nada destas coisas, mas eles gostam e comem muito.



quinta-feira, 7 de março de 2019

Mierda!

A M. é uma colega minha que é galega e que entrou na minha empresa mais ou menos ao mesmo tempo que eu. Gosto muito dela porque é hiper simpática e ri-se por tudo e por nada o que faz com que qualquer conversa termine sempre em risota.
Como é galega de vez em quando falo-lhe em português e ela responde em galego e assim nos entendemos com a maior das naturalidades. 
Mas a M. tem uma coisa que nunca vi em ninguém, é que está sempre a dizer a palavra "Mierda". Sempre. Sempre. Sempre.
"Que mierda", "Vaya mierda", "Esto es una mierda", "Esto no vale una mierda", "Que mierda es esta?", etc!
É uma coisa completamente surreal!
Bem sei que a conotação dada pelos espanhóis às nossas "ditas" asneiras é muito diferente, mas mete-me impressão falar com uma pessoa que em cada frase que constrói mete "Mierda" pelo meio!

Mas será que ninguém lhe chama a atenção? O chefe? O marido? A mãe? Ou será que ela só fala assim comigo e com os colegas de trabalho? Eu nunca conheci ninguém que usasse tanto tal palavra, mas digo desde já, que de agradável de ouvir não tem nada.

segunda-feira, 4 de março de 2019

Eles não comem com faca!

Quando uma vez fui almoçar com A. e ela me disse que os espanhóis não comiam com faca e garfo, eu dei uma gargalhada e discordei....ela depois acrescentou "começa a observar, não são todos, mas a grande maioria só come com o garfo e empurra com o pão!". 

Eu achei que aquilo era uma coisa sem jeito nenhum. Passou. Desde esse dia, eu que nunca ligava a isso, passei a observar os espanhóis, sempre que comia com eles. Depois de observar os mais chegados, passei a observar outros e outros e mais outros. Não podia ser, mas era.

Há vários tipos:
Tipo 1: os que comem com faca e garfo
Tipo 2: os que comem só com garfo 
Tipo 3: os que comem com o garfo e empurram com o pão

Se por exemplo é necessário a faca, para cortar um bife, eles vão usando a faca de vez em quando, mas grande parte das vezes estão só com o garfo ou com o garfo e com o pão.
Eles são muito de molhar o pão nos molhos da sua comida e no final se o prato tiver molho, aproveitam logo o pão e "limpam" o prato. 

Andei muito tempo a observar para ter mesmo a certeza que isto acontecia, mas como disse, também existe o tipo 1, que cá entre nós que ninguém nos ouve, tem uma percentagem muito pequena de aderentes.

domingo, 3 de março de 2019

A canção espanhola para a Eurovisão.

A primeira vez que ouvi, nem percebi o que o moço dizia no refrão, mas a música é meio contagiante e a pessoa acaba por entrar no espírito e não querer saber de letra nenhuma!
Até gosto! 
Já no ano passado também gostava da canção espanhola!
Sim sra.! 


Eles continuam a ter a Operação Triunfo para escolher o candidato que os representa.

sexta-feira, 1 de março de 2019

Fui a Portugal e vim com duas malas....

....cheias de comida!


A foto é apenas representativa. 

As coisas que trouxe foram:
-12 iogurtes líquidos
- 1 pacote de Nestum
- 2 pacotes de bolachas Maryland
- 1 embalagem de couve para Caldo Verde
- 1 embalagem de couve para Sopa Juliana
- 2 pacotes de chocolate em pó
- 1 frasco de vinha d'alho
- 6 croissantes brioches
- 6 pães
- 2 latas Compal de Feijão frade
- 1 embalagem de chá de Tília

Acho que foi só isto!

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Real Madrid - Barça

Sentei-me em frente à tv para ver o jogo Real Madrid - Barcelona como já tantas vezes fiz com os inúmeros jogos entre estas duas equipas. Quando sentada passou-me um pensamento pela cabeça "Quantos minutos vou eu aguentar?". 

A verdade é que foram 10 minutos, até achei que foram muitos. Eu não consigo ver um jogo de futebol narrado por espanhóis. Fico sem ar ao ouvi-los, porque os comentadores fazem questão de gritar e de falar tão rápido que nem respiram e até me metem nervosa. Quando um precisa de respirar aparece a voz do outro por trás à mesma velocidade e aos berros....é difícil de descrever...tem de ser visto e ouvido!

Ainda tentei fazer upload da narração, mas o blogger é muito complicado no que toca a fazer upload de ficheiros audio :\

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Pausa.

Preciso de parar por uns tempos.

Quem me segue já está habituado a estas pausas.
A última das quais foi há precisamente um ano.
Voltarei assim que a vontade de escrever volte a aparecer na minha vida.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Há 10 anos atrás....

...eu escrevi isto!
Lembro-me tão bem deste jantar, "Fritem bem a cebola e as batatas"!!

1 de fevereiro de 2009, 10 anos!
Meu Deus!