sexta-feira, 9 de abril de 2010

É perseguição.


Todas as 6ª feiras costumo ir a um hipermercado que há relativamente perto da minha casa.

Hoje voltei novamente a ir.
Fui ao tal dito hipermercado, um bocadinho mais tarde que o habitual, fiz as compras e decidi que hoje ao contrário das outras vezes em vez de ir pagar nas caixas do 1ºandar iria pagar nas do 2º.
Decidi também só hoje que em vez de ir aquelas caixas onde somos nós que passamos os produtos e inserimos o dinheiro, iria a uma onde estivesse uma senhora a passar os produtos. Percorri mais de metade das caixas do 2ºandar à procura daquela que me parecesse mais rápida.
Despejei literalmente o meu cesto no "tapete", reparei que a senhora atendia um homem e fixei-me na prateleira que tinha uma "carrada" de pastilhas entre elas, as Tridente Sense com um novo sabor de limão!

Como o tapete não andava nem desandava, virei-me para ver o que se passava e reparei no cliente que estava à minha frente...o homem que estava à minha frente...

Mas porque é que estas coisas só se passam comigo?

Como ainda estava a interiorizar o que tinha acabado de ver/verificar, virei a cara para o outro lado, podia ser que ele não me visse...mas depois caí em mim...lá teria eu de ser uma menina bem comportada...respirei fundo e virei-me para ele que estava à minha frente e que me olhava fixamente.
Fiz uma grande cara de surpresa dizendo "Tudo bem?", ele respondeu a rir-se, de certeza que já me tinha visto...e também deve ter visto que estive com a cara virada um certo tempo na esperança que ele não me visse, daí se ter desmanchado a rir quando lhe fiz a pergunta. Trocamos meia dúzia de palavras e foi-se embora.

Mas porque é que em vez deste, o homem que estava à minha frente não era antes um Brad Pitt ou alguém do mesmo calibre?
Madrid tem milhões de habitantes. Tem inúmeros hipermercados. Eu nunca vou às caixas que tem as senhoras a passar os produtos e nunca costumo ir às caixas do 2ºandar desse hipermercado.
Porque raio tinha, no meio de mais 200 caixas, ter eu elegido a caixa onde ele estava? Ás tantas ainda deve ter pensado que fiz de propósito em ter ido para a mesma caixa...enfim.
Só comigo é que isto acontece.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentários Anónimos só serão aceites se forem assinados.